Motoristas de aplicativos viram alvo de bandidos na capital

De acordo com a polícia, os criminosos tem usado os carros dos motoristas para praticarem outros assaltos.


Motoristas de aplicativos de mobilidade urbana tem se tornado alvo de criminosos em Campo Grande, neste início do ano. Em menos de uma semana, a polícia registrou nove roubos de veículos na cidade, sete eram de motoristas de app.

Em todo os casos, após os roubos os carros foram abandonados pelos bandidos e recuperados pela Polícia Civil. Os roubos estão sendo investigados pela Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (Defurv).

O delegado Bruno Urban, afirma que os assaltantes têm preferido os motoristas de aplicativos porque eles são alvos mais fáceis e ficam mais expostos. Ele disse ainda, que, após os roubos, os criminosos tem usado os carros para cometerem outros assaltos.

“Só um dos veículos foi usado para cometer cinco assaltos”, comentou.

De acordo com a polícia, nenhuma pessoa envolvida em casos de roubos a motoristas de aplicativos na capital foi presa até o momento. Porém, alguns autores já foram identificados.

A Uber, informou que a partir de 2018 passou a usar um recurso que bloqueia viagens consideradas mais arriscadas, e tem uma ferramenta que auxilia os motoristas na hora de chamar a polícia.

A Urban disse que tem uma opção de rastreamento para os motoristas, com objetivo de dar mais segurança ao realizar o transporte dos passageiros.

Categoria:Policial

Deixe seu Comentário